Tähdet, Tähdet - Anette Olzon canta "Man! I Feel Like a Woman" (Shania Twain)

Antes de toda e qualquer coisa eu quero pedir desculpas pelo atraso do post. Tal como eu expliquei lá no Facebook, não sei o que aconteceu (se foi casual ou não), mas o Tähdet, Tähdet não liberou os vídeos da 4a semana no Youtube, e isso dificultou bastante a minha vida. Tive que dar um duplo twist carpado para assistir a performance de Anette Olzon, mas eu consegui.

(Ha!)

O tema da semana foi o mais interessante até agora, porque se o metal sinfônico já era fora da zona de conforto da Anette, imagine então a música country. Ela teve a missão de cantar "Man! I Feel Like a Woman" da Shania Twain, hit absoluto do gênero, embora a minha favorita da Shania fique mesmo entre "Rock This Country" e "You Win My Love". Um pouco mais para "You Win My Love", mas enfim. Nerdices country ficam pra outra hora, risos.

Na performance dessa semana Anette estava nervosa, não foi difícil perceber. Tenho minhas dúvidas que tenha sido totalmente pelo fator musical, apesar dela ter falado sobre isso na sua página do Facebook. Acredito que a exposição causada pelo figurino, a atitude padrão que a música pede também podem ter influído. A movimentação dela no palco parecia meio travada, e dado o que ela disse no link acima, fiquei pensativa.

Longe de criticar a Anette por ter "falhado". Não. Pelo contrário, eu tenho um argumento muito bom em defesa da vocalista, que você, leitor atento, sabe que eu gosto e respeito muito. Primeiro, não acho que ela falhou. Se muitos por um lado vão ver o fato de Anette aparecer de botas e shorts curtos, cantando country e vão alegar que isso não é para idade dela, bem.. Vão dizer o mesmo para a Madonna então. E sim, eu gosto bastante da Madonna, mas convenhamos.. Certo? Ambas estão fora do seu "habitat natural" se eu seguir a lógica hater.

Segundo, Anette Olzon é muito mais corajosa do que as pessoas dão crédito. Trocou o universo AOR pelo polêmico e não poucas vezes irritante female fronted, e entre todas as bandas existentes no mundo, aconteceu de estrear justo na mais problemática delas, o Nightwish. Enfrentou a ignorância dos fãs, sobreviveu e apesar de quase ter desistido, lançou o primeiro álbum solo e eu torço por outros.

Sair da zona de conforto para ela já virou costume. Agora para outras pessoas..

O tema da próxima semana, entretanto, promete abalar Bangu: ópera.

Será que vem "The Phantom of The Opera" por aí?
"Canto Della Terra"?
"The Prayer"?
Montserrat Caballé?
"Con te Partiró"?
"Vivo Por Ella"? (e seria fantástico)

Numa expectativa totalmente irrealista -já que eu infelizmente não trabaho no programa- seria incrível ver Anette cantando qualquer música da Sarah Brightman. "Fleurs du Mal", só para eu poder dizer que vim, vi e  morri. Embora eu já ache que essa semana de ópera vai fazer isso independente da escolha.


O vídeo
Como não deu para arrumar um código de incorporação, tudo o que eu vou poder fazer é deixar o link dele aqui. Lembrando que -obviamente- o site está todo em finlandês, mas é só ir na seta ao lado de Anette Olzon - Man! I feel like a woman e dar play. Se você tiver algum bloqueador de propagandas, desative antes, porque senão não vai funcionar.

PS: clique também em Joint resolution - Working 9 to 5 para ver a performance dos participantes para "9 to 5", o clássico eterno da diva country Dolly Parton.

Esqueçam tudo o que eu disse acima, hoje (31/03) os vídeos finalmente estão disponíveis no Youtube:




Edições anteriores
Perdeu algum post das semanas anteriores? Nah, nada tema, eu posto os link. Segue aqui a estreia com "Everybody (Backstreet's Back)" do Backstreet Boys, aqui para a segunda semana com "All The Small Things" do Blink 182 e aqui para a terceira semana com "Myrskyluodon Maija" do cantor finlandês Lasse Mårtenson, pra mim a melhor das 3 apresentações.

Ah, importante: não sei se o programa vai contnuar liberando os vídeos no Youtube ou se agora só vai ser assim, através desse site. Mesmo que eles desistam do Youtube, se mantiverem a postagem no site oficial, os posts continuam de pé até o fim.

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.