Como citado no texto do Homem de Ferro, a Marvel não possuía muitos heróis com direitos cinematográficos. Em resumo, quem tivesse algum direito para fazer filme de heróis Marvel, deveriam realizar em no máximo cinco anos, ou seria revertido a Casa das Ideias e com isso o Gigante Esmeralda, cujos direitos pertenciam ao Universal Studios, voltou para a casa.

Vivendo escondido e longe de Betty Ross (Liv Tyler), a mulher que ama, o cientista Bruce Banner (Edward Norton) busca um meio de retirar a radiação gama que está em seu sangue. Ao mesmo tempo ele precisa fugir da perseguição do general Ross (William Hurt), seu grande inimigo, e da máquina militar que tenta capturá-lo, na intenção de explorar o poder que faz com que Banner se transforme no Hulk.
Nesse filme temos muitas mudanças como ele ser indiretamente continuação do filme de 2003 da Universal. Indireta pois ele quer que você esqueça que existiu, enquanto ele apenas conta sobre o incidente que transformou Bruce Banner em Hulk e ai sim, seguimos a história.

O Dr; Banner achou que o melhor lugar para viver em paz sem que o perseguissem era no Brasil, mais precisamente no Rio (nessa época estava na moda o Rio para os gringos, até Vin Diesel e The Rock vieram, mas ai é outro filme e outra história). Bruce até consegue, porém, o exército americano quer sua arma viva de volta e ai começam seus pesadelos.


Vemos o dilema do Doutor querendo viver a vida normalmente sem despertar o Hulk e quem sabe, voltar a viver seu romance com Betty Ross (Liv Tyler), mas sem que a moça possa se ferir. Temos momentos de médico e o monstro e king kong protegendo a donzela.

Obs: para os fãs mais atentos, nos filmes e algumas séries do Gigante Esmeralda, quem dá as caras em alguma ponta e até dubla o monstro, é o ex-fisioculturista e ator Lou Ferrigno, quem interpretou o Hulk nos anos 80 naqueles filmes e séries que tanto reprisaram no SBT. Fica a dica que tem um filme que aparece um Thor muito bem feito na época, bem no estilo Sebastian Bach!

O destaque do filme para o vilão, sem medo de ser feliz a Marvel tacou-lhe logo o Abominável, a grosso modo um Hulk pensante do exército. Temos umas brigas legais e mais um futuro vingador sendo apresentado ao público nessa nova fase da Marvel.

Aos poucos o Universo foi se expandindo e a ideia de vermos os heróis mais poderosos da Terra, foi ganhando mais força e tons de realidade. Continue conosco nessa maratona Marvel Metal Brasil!

Sobre Wakashimazu

Gamer de nascimento, guitarrista por insistência, se divide em três para dar conta de dominar o mundo da música, dos jogos e dos otakus, enquanto lida com a caixinha de surpresas chamada de vida. Pode ser encontrado no Last FM, na Live ou no fórum!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.