Sim. Eu sei que o Cover da quinta passada foi com o Edguy, e que fazer o Cover dessa quinta com o Avantasia é uma semi redundância, mas não tem jeito... O Avantasia voltou! Pra você que não soube, pode ler aqui os detalhes. Fiquei 800% feliz com a notícia, pois é um projeto pelo qual eu sou apaixonada em todos os sentidos, e porque eu fiquei triste com o fim/hiato após o "The Mystery Of Time". O álbum até foi bom, mas eu ainda achei que faltou parte da "magia" que eu sempre gostei.

Dito isso, vamos ao cover.

O quê dizer de um projeto fortemente baseado no power metal, gravando um hit pop? Sucesso, é a resposta. Porque se você pensar, ambos os estilos tem certa semelhança, principalmente em matéria de "fazer som farofa, melodioso e até dançante", o que é tanto o caso do Avantasia, quanto era o caso do ABBA. Daí essa semana nós vamos com a guilty pleasure "Lay All Your Love On Me".



Sobre a original: "Lay All Your Love On Me" é parte do Super Trouper, sétimo álbum de estúdio lançado pelo ABBA em 1980 e o mais vendido da década no Reino Unido.

O sucesso do álbum foi grandemente impulsionado pelo hit "The Winner Takes It All", que qualquer dia desses aparece aqui no Cover. Super Trouper foi lançado pela primeira vez em CD pela Atlantic Records em 1980, e novamente na década de 80 pela Polar Internacional, e na década de 90 pela Polydor nos Estados Unidos, tendo sido relançado em formato digital remasterizado 4 vezes: 1997, 2001, 2005 (como parte do box The Complete Studio Recordings) e em 2011.

"Lay All Your Love On Me" foi lançada em alguns países como single em vinil de 12 polegadas (1981), sendo um dos vinis de 12 polegadas mais vendidos da história no Reino Unido, alcançando a sétima posição. A revista Slant rankeou a música como a número 60 das melhores músicas dance de todos os tempos. O ABBA não filmou um vídeo para música, levando a Epic Records a produzir às pressas um vídeo usando excertos dos vídeos existentes do grupo, com custo aproximado de 50 mil libras.


Sobre o cover: a versão do Avantasia para "Lay All Your Love On Me" foi lançada em 2007 no EP Lost In Space Part. I. O EP foi a prévia do álbum mais orientado para o hard rock que seria The Scarecrow (2008), o terceiro álbum do Avantasia lançado via Nuclear Blast. The Scarecrow foi a primeira parte da "The Wicked Trilogy", que mais a frente seria completa pelos álbuns "The Wicked Symphony" e "Angel of Babylon".



Veredito: as duas versões são ótimas. Dispensa comentar a do ABBA, famosa pelo vocal descendente no final do verso imediatamente anterior ao refrão (conhecido como "ponte". O efeito foi conseguido enviando o vocal para um dispositivo harmonizador, criado para produzir uma versão de frequência do vocal que fosse ligeiramente mais baixa. Uma sacada meio "nerd", mas muito boa.

A do Avantasia também não fica atrás. Manteve toda a estrutura acessível do ABBA -até porque não tinha muito o que inventar- e encaixou um som simples, objetivo, pesado, e dentro da proposta do que o The Scarecrow seria, o que é bem interessante. Repare aqui que, como era de se esperar, a letra tem uma leve mudança óbvia, mas ainda assim... Ambas são deveras divertidas.



I wasn't jealous before we met
Now every woman I see is a potential threat
And I'm possessive, it isn't nice
You've heard me saying that smoking was my only vice
But now it isn't true
Now everything is new
And all I've learned has overturned
I beg of you...

Don't go wasting your emotion
Lay all your love on me

It was like shooting a sitting duck
A little smalltalk, a smile and baby I was stuck
I still don't know what you've done with me
A grown-up woman should never fall so easily
I feel a kind of fear
When I don't have you near
Unsatisfied, I skip my pride
I beg you dear...

Don't go wasting your emotion
Lay all your love on me
Don't go sharing your devotion
Lay all your love on me

I've had a few little love affairs
They didn't last very long and they've been pretty scarce
I used to think that was sensible
It makes the truth even more incomprehensible
'Cause everything is new
And everything is you
And all I've learned has overturned
What can I do...

Don't go wasting your emotion
Lay all your love on me
Don't go sharing your devotion
Lay all your love on me

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.