Como o Monday Metal da semana será meu, é claro que eu vou desviar um pouco da lógica e trazer um clássico da naftalina: "Kayleigh", os britânicos do Marillion, que em 1979 começaram a estrada para se tornarem um dos maiores e melhores nomes do rock progressivo. Tinha que ser coisa da Terra da Rainha, claro.

Adoro essa música. Ela é cativante e fácil de ouvir tal como a maior parte do som oitentista, e apesar da melodia "simples", você sente a qualidade dos músicos e a forma fluída como a música se desenvolve, que é o que eu mais gosto. Então é isso, direto da playlist de clássicos pop/rock/prog/tudo que for antigo que eu ando ouvindo por esses dias, o Monday-nem-tão-metal da semana:


Letra

Do you remember, chalk hearts melting on a playground wall
Do you remember, dawn escapes from moonwashed college halls
Do you remember, the cherry blossom in the market square
Do you remember, I thought it was confetti in our hair
By the way didn't I break your heart
Please excuse me I never meant to break your heart
So sorry I never meant to break your heart
But you broke mine

Kayleigh, is it too late to say I'm sorry?
And Kayleigh, could we get it together again
I just can't go on pretending that it came to a natural end
Kayleigh, oh I never thought I'd miss you
And Kayleigh, I thought that we'd always be friends
We said our love would last forever
So how did it come to this bitter end

Oh, oh, yeah!

Do you remember, barefoot on the lawn with shooting stars
Do you remember, the loving on the floor in Belsize Park
Do you remember, dancing in stilettoes in the snow
Do you remember, you never understood I had to go
By the way, didn't I break your heart
Please excuse me, I never meant to break your heart
So sorry, I never meant to break your heart
But you broke mine

Kayleigh, I just wanna say I'm sorry
But Kayleigh, I'm too scared to pick up the phone
To hear you've found another lover to patch up our broken home
Kayleigh, I'm still trying to write that love song
Kayleigh, it's more important to me, now you're gone
Maybe it'll prove that we were right or ever prove that I was wrong

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.