Post de Quinta #43: Ian Gilian completa 70 anos e como o futebol promoveu seu retorno ao Deep Purple

Se comparássemos o mundo da bola com o mundo da música, Ian Gilian seria um dos jogadores topo de linha no mercado de transferência tendo no currículo Deep Purple e Black Sabbath, por mais que na última sua performance não fique no mesmo patamar de Ozzy e Ronnie James Dio. Tirando esse detalhe, sua história na música e com o Deep Purple é digna de respeito e nessa quarta, dia 19/08/15, Gilian completou 70 anos.

Nascido em Londres, Ian Gilian é do tempo em que sua paixão pelo futebol nascia com as influências locais com o time do bairro e/ou cidade. Em Outubro de 2011 concedeu entrevista ao site argentino Vos e cravou:
“Sou torcedor do QPR por desgraça. Acompanho o clube desde os seis anos, e passei a frequentar o estádio a partir dos 12, quando meu pai me levava, já que éramos do bairro. Todos os meus amigos torciam para o QPR. Uma vez que você adota um time de coração, não tem como mudar. Como dizem, você pode mudar de mulher ou de qualquer outra coisa, menos sua equipe de futebol”

Uma das maiores alegria com o clube ele viveu na década de 1960, quando o clube conseguiu dois acessos consecutivos e saiu da terceira para a primeira divisão e o ápice em 1967, quando o clube conquistou a Copa da Liga Inglesa. Em uma decisão eletrizante em Wembley, o West Brom abriu dois gols de vantagem, mas viu o QPR reagir no segundo tempo. Com três gols entre os 18 e os 36 minutos, os alviazuis ergueram a taça mais importante de sua história. O cantor era um dos 97 mil nas arquibancadas. E, de tanto gritar, teve que ir rouco para um show nos dias seguintes.

Nessa época o vocalista estava na banda Episode Six e assim como o QPR, sua carreira também estava decolando e chegou ao Deep Purple em 1969, permanecendo até 1973 emplacando alguns sucessos da banda. Seguiu carreira solo no período e ainda veio a gravar um álbum na sua participação no Black Sabbath.

Após um show do Black Sabbath em Hammersmith, Ian recebeu a visita de Rodney Marsh, um dos maiores ídolos do QPR. Marsh disse a Gilian que seria uma boa ideia ele retornar ao Deep Purple e pensando na ideia, Gilian reunião os membros da banda em 1984 e segue carreira até os dias de hoje.

Futebol e música costumam andar lado a lado, e no âmbito do som pesado, mais do que você pode imaginar. Temos outros casos de famosos envolvidos com futebol, porém, fica para um próximo post dedicado.



via Trivela

Sobre Wakashimazu

Gamer de nascimento, guitarrista por insistência, se divide em três para dar conta de dominar o mundo da música, dos jogos e dos otakus, enquanto lida com a caixinha de surpresas chamada de vida. Pode ser encontrado no Last FM, na Live ou no fórum!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.