Ronda Rousey: lutadora de UFC, fã hardcore de Pokémon e.. Com uma crush no Vegeta?


Odeie o jogo, não o jogador. Quando eu era pequena ouvi essa frase e nunca mais esqueci. Afinal, em alguns muitos casos eu vi como a lógica é verdadeira, incluindo o caso de hoje, pois eu vou precisar falar do UFC (indiretamente, entretanto), algo pela qual eu não tenho nenhuma simpatia ou faço questão de me interessar. É uma opinião pessoal da qual não abro mão, então vou deixar ela de fora e focar no post, que é sobre UFC-mais-exatamente-sobre-ela: Ronda Rousey.

Ronda está no Brasil para lutar nesse 1 de agosto com a brasileira Bethe Correia, e o que mais tem chamado a atenção não é só o fato de que a atriz de Mercenários 3 e Velozes e Furiosos 7 está no Brasil, omg!, mas é que a lutadora além de bonita e com dois filmes deveras conhecidos no currículo, também adora as nerdices da vida. Mesmo.

O MMAFighting tentou entrevistá-la em setembro do ano passado, fez uma pergunta sobre Pokémon e... Adeus entrevista! Foram quase três minutos fanáticos, contando histórias, e histórias sobre a relação dela com a franquia de jogos, e é deveras adorável. Ela ainda joga Pokémon, para você ter uma ideia:


(Tive uma identificação espiritual com esse vídeo)

Coloque na conta que Ronda até já moderou um fórum sobre Pokémon, coisa que woah, nem eu mesma fiz na minha vida, RISOS. No seu antigo perfil no GameTalk (que por sinal era mew182) ela dizia adorar jogos como Zelda, Kingdom Hearts, Super Smash Bros e Rayman. Pra não dizer que eu não falei das flores, eis a prova.

Pensa que acabou? Ainda tem mais. A nerdice da Ronda vai a mais de 8 mil. Literalmente:


(E essa camisa do Bruce Lee? #AíSimFomosSurpreendidosNovamente)

Coragem pra fazer cosplay de Sailor Moon? Checado:


Ela inclusive admitiu em outro vídeo que criou uma crush pelo Vegeta na época em que assistia Dragon Ball Z. I would have gone cartoon for him, ela diz. E eu me pergunto que garota não passou por isso?


É super bacana ver isso. Ronda é jovem, tem 28 anos, foi criança dos anos 90 que nem eu e alguns de vocês. Ela já quebra estereótipos pela carreira que escolheu, e ainda mais por mostrar sem nenhuma vergonha o amor pelas imortais nerdices. E eu agradeço por isso, muito mesmo. Anime é coisa de pré-adoslescente alienado? Pokémon é jogo de criança? Não gosto do UFC e nem tenho planos de gostar, mas, não tem como não respeitar a lutadora pelo seu lado pessoa. 

Fonte: GoBoiano

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. gostei da matéria, tbm vivi bem a geração tv manchete e nostalgica cartoon network dos anos 90 e meados, tenho quase 30 anos, eu tbm não enjoei dessas nerdices e ainda tenho vontade de fazer cosplay.

    ResponderExcluir

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.