[SPOILER] Star Wars: O Despertar da Força - a origem de Kylo Ren


Eu sei que muitos sites já deram o spoiler logo no título, mas aqui no HMBR a gente te respeita. Dito isso, vamos lá.

Star Wars: O Despertar da Força anda dando o que falar, certo? Certo. Fotos, poster novo e presença em peso na D-23, e agora a notícia: a origem do vilão Kylo Ren, que logo de cara chamou a atenção no trailer por conta de seu sabre de luz -super épico- em formato de cruz, porém com a cor relacionada aos Sith, seita do Lado Negro da Força. A pergunta é: Kylo é um Sith?

[SPOILER]

Não. Apesar da sua arma ter a mesma cor da arma dos Sith. J.J. Abrams, diretor do sétimo filme da franquia, garante que o personagem pertence a algo bem diferente do que os fãs pensaram: "Ele não é um Sith. Ele trabalha para o Supremo Líder Snoke, que é uma poderosa figura no Lado Negro da Força", disse o diretor em entrevista para a revista Empire, o que é um close enough em matéria de palpite.

[FIM DO SPOILER]

Já se sabe, ao menos, que Ren é um grande admirador de Darth Vader, e que a sua máscara é referência a obssessão pelo vilão.

Woah? Woah.

Snoke será interpretado pelo ator Andy Serkis através do sistema de captura digital de movimentos. Serkis, que esse ano já esteve nos cinemas como o traficante de armas Ulysses Claw em Vingadores 2, tem experiência muito bem sucedida com o sistema, pois dois de seus papéis mais conhecidos nasceram graças a ele: o chipanze César dos dois filmes do reboot de Planeta dos Macacos, e o Smeagol/Gollum da trilogia Senhor dos Anéis. Em Star Wars sua voz gutural é escutada nos trailers do filme, porém Snoke não é mostrado.
Andy Serkis

A trama de O Despertar da Força se passa 30 anos após dos eventos de Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi. No filme teremos o embate entre a Primeira Ordem, uma organização inspirada pelo governo ditatorial do Império Galático e a Resistência, nova organização que carrega os ideais da Aliança Rebelde. Ou traduzindo? Treta.

J.J. Abrams ainda falou sobre como ele e o co-roteirista Lawrence Kasdan idealizaram a Primeira Ordem e levantou algumas dúvidas sobre o grupo que serão respondidas no filme: "Tudo isso surgiu de conversas sobre o que aconteceria se os nazistas fugissem para a Argentina e de lá começassem a trabalhar juntos mais uma vez. O que surgiria disso? Será que a Primeira Ordem atua como um grupo que na verdade admira o Império? Será que a obra do Império pode ser vista ainda não realizada? Será que Vader é um mártir?"

Gostou? Anote na agenda: Star Wars - O Despertar da Força estreia nos cinemas do Brasil em 17 de dezembro. Enquanto isso você fica com as duas capas ainda mais épicas da nova edição da revista Empire:


Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.