Agents of Shield: fotos promocionais da terceira temporada + expectativas


Infelizmente meu semi hiato imposto por problemas técnicos e pessoais continua, até porque pouco se resolveu. Entretanto, como não falar de Agents of Shield? Seja via PC ou smartphone, com ou sem HD, a tietagem de escrever sobre uma das grandes séries do momento sempre vale a pena.

Ainda comigo? Bom.

Essa sexta-feira do nada virou natal, só que melhor: o SpoilerTV divulgou as primeiras fotos promocionais da terceira temporada, todas em excelente qualidade. A lente da câmera ficou pequena pra tanta gente! Com elenco fixo de 10 personagens e a promessa da chegada dos Guerreiros Secretos, um dos maiores desafios é equilibrar o tempo de cada personagem em cena no momento atual, onde cada um está tentando redescobrir a própria humanidade após a segunda temporada e o épico final.

Pontos de interrogação sobram, porém dois se destacam e têm feito os fãs perderem o sono: o status atual de Jemma Simmons e o status futuro da agente Melinda May. A primeira, cujo paradeiro é incerto, terá Leo Fitz fazendo tudo para trazer a bio cientista de volta, com a promessa de que a surpresa será deveras surpreendente. Com a devida redundância.

Veremos e #oremos.

Já May não se sabe sobre o seu futuro com a Shield, mas os produtores garantem que ela terá um papel ativo. Afinal, não dá para acreditar que a mentora apenas da heroína Daisy Johnson vai sumir do mapa tão fácil, certo? Embora o afastamento faça sentido, nunca dá para confiar nas divulgações da série (sempre trolls).

Outro fator que promete são as relações entre a agente Daisy Johnson, o diretor Phil Coulson e o agente Alphonso Mackenzie.

Skye deve assumir o nome de nascimento numa espécie de homenagem aos pais, macete inteligente da Marvel TV para explorar a persona da heroína, e não perder a essência da personagem. A mudança dividiu os fãs, mas difícil seria acreditar que a chance passaria batida, tendo Guerra Civil e Inumanos vindo por aí.

Sendo assim, a ex-hacker finalmente é 100% agente e inumana, um desenvolvimento de personagem fantástico. Daisy e Coulson terão uma relação mais equilibrada em termos de trabalho e responsabilidade, principalmente com a procura pelos novos inumanos.

Daisy e Mack estão sendo vendidos como o "Mulder e Scully de Agents of Shield". Pense comigo: o cara cético sobre lidar com aliens e inumanos, que tecnicamente é o músculo da dupla, e a garota que ele tanto criticou, que na verdade é o músculo da dupla. Ah, as ironias.

Adicione a organização liderada pela personagem da atriz Constance Zimmer, que será uma pedra no sapato da Shield; Lash, o inumano e vilão que eu espero que honre o posto do sensacional Calvin Zabo/Johnson/Mr. Hyde; e ele, Grant Ward.

Ward irá reconstruir a Hydra, o que é motivo de dor de cabeça dobrado, e eu espero que após a segunda temporada ele abrace o vilão que vem se desenhando aos poucos. Embora na verdade eu não aguente mais o personagem, se for pra ficar, que seja pra causar estrago, afinal, o que é um grande herói sem um grande vilão?

Enfim. Eu ficaria o resto do mês só falando da série.. Vocês sabem que eu consigo, RISOS. A promessa é de ser uma temporada com muita ação, os Guerreiros Secretos sendo construídos a longo prazo, e que eu espere que ainda assim não perca o toque emocional dramático que virou marca registrada.

Sem falar das surpresas que podem vir por aí? Nunca se sabe.

Eu fecho o post por aqui, deixo as fotos promocionais e o aviso: a terceira temporada de Agents of Shield estreia no dia 29 de setembro nos EUA pela ABC. No Brasil, quem exibe a série é o canal Sony.

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.