Por Átilla Moreira
Nota: 8.0
Capa e infos: 

Vinda do sul do país a banda MACHINARIA nos brinda com seu álbum de estreia, “Sacred Revolutions/Profane Revelations”, trazendo consigo um híbrido do Thrash Metal com o Heavy Metal Tradicional, envolto numa roupagem moderna e de vanguarda.

Este primeiro disco dos caras tem como tema central a Inquisição Católica ocorrida durante a Idade Média, e devo admitir que esta escolha casa perfeitamente com o direcionamento musical aqui proposto. Impossível não citar as faixas “Scapegoat”, “Holy Office” e “Sacred Revolutions/Profane Revelations” como exemplos certeiros e que nos transportam para a época aqui mencionada. O vocalista Luciano Ferraz é outro ponto de destaque no produto final, por imprimir muita versatilidade em todas as canções, elevando e muito a qualidade deste disco.

“Sacred Revolutions/Profane Revelations” é apenas o primeiro capítulo na carreira do MACHINARIA, que com o apoio da MS Metal Records, certamente lançará outras pedradas como esta. Meus amigos, o céu é o limite para o som de vocês!

Via MS Metal Press

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.