A edição comemorativa dos 30 anos do Rock in Rio começou no dia 18 e assim como nas últimas edições, o festival conta com todos os gêneros musicais possíveis. O primeiro dia mostrou bem essa mistura e reservou boa parte das atrações para os artistas nacionais.

Em meio a homenagens e misturas tivemos nos palcos Ira!, Rapping Hood, Tony Tornado, Skank, Ivete Sangalo e outros. O grande destaque foi a apresentação do Queen com o campeão do American Idol: Adam Lambert. O show contou com muitos momentos marcantes e contou com Freddie Mercury no telão em uma das canções. Faltou para a produção utilizar o mesmo recurso do X Japan quando fez com hide, através de holograma, tocasse Art of Life mais uma vez no retorno da banda.


No segundo dia foi dedicado ao heavy metal e novamente quando temos grandes nomes nacionais, ou quando o evento lembra apenas de um, ele tem seu destaque a tarde. Novamente o AngrA esteve no palco Sunset assim como há dois anos atrás e dessa vez, o show foi bem melhor. Convenhamos que se piorassem...
A noite o Metallica fechou o evento e segundo as más línguas, Dave Mustaine foi o técnico de som da banda. Durante a execução da música "Ride the lightining" houve desconexão do som da banda com a mesa de som por cinco minutos. Se realmente tivesse sido Mustaine, o som não voltava até agora #tudumtss.


Fiquem ligados no nosso canal que as novidades do Rock in Rio estão saindo com tudo no HMBR News, se inscreva pelo botão abaixo.



Sobre Wakashimazu

Gamer de nascimento, guitarrista por insistência, se divide em três para dar conta de dominar o mundo da música, dos jogos e dos otakus, enquanto lida com a caixinha de surpresas chamada de vida. Pode ser encontrado no Last FM, na Live ou no fórum!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.