Depois do rumo que dava conta de que a Cate Blanchett poderia entrar para o elenco de "Mulher Maravilha", na real a atriz está com tudo certo para assinar com a Casa das Ideias. Sim! Segundo a Variety, Cate está em negociações finais para se juntar ao elenco de "Thor - Ragnarok", vivendo a primeira supervilã do Universo Cinematográfico Marvel. Woah? Sim, woah.

A informação coincide com a suposta sinopse que menciona a vilã Amora, ou Encantor. Leia comigo:

Bruce e Thor partirão para uma jornada em um planeta distante e encontrarão as ninfas Valquírias, a heroína Valquíria e a vilã Amora, a Encantor. A história começa logo após os eventos de ‘Vingadores: Era de Ultron‘, com a Terra e Asgard iniciando uma guerra. O site também afirma que o roteiro é o mais sombrio e obscuro de todos os filmes produzidos pela Marvel até o momento.

E se você não é familiarizado com as HQs da Marvel, eu explico:

Amora é uma poderosa feiticeira de Asgard, e diferente da maioria dos coadjuvantes do Thor, ela não se baseia em nenhum deus da mitologia, sendo uma criação original de Stan Lee e Jack Kirby. Encantor (como também é conhecida) é apaixonada por Thor, mas ao ser rejeitada por ele, que a considerava bela, porém maligna, tenta constantemente se vingar. Sua primeira aparição foi na revista Journey Into Mystery #103, de abril de 1964. (Fonte)

Para reescrever o roteiro de Christopher Yost e Craig Kyle, a Marvel Studios contratou a desconhecida Stephany Folsom, que ganhou notoriedade quando seu primeiro roteiro, "1969: A Space Odyssey or How Kubrick Learned to Stop Worrying and Land on the Moon", entrou para a Black List de 2013, lista com os melhores roteiros ainda não filmados. Stephany também escreveu o roteiro de "The Princess of North Sudan", da Disney, que como se sabe, é a dona da Marvel.

A direção fica por conta de Taika Waititi, cujo currículo traz a comédia sobre vampiros "What We Do in the Shadows", ainda inédita no Brasil. Waititi também dirigiu episódios da comédia "Flight of the Conchords", da HBO, bem como "The Inbetweeners". O diretor superou favoritos tais como Ruben Fleischer ("Zumbilândia"), Gareth Edwards ("Godzilla"), Matt Reeves ("Planeta dos Macacos: O Confronto") e Adam McKay ("Tudo Por um Furo" e roteirista de "Homem-Formiga"), Rawson Marshall Thurber ("Dodgeball") e Rob Letterman ("Goosebumps").

"Thor: Ragnarok" abordará o famoso apocalipse da mitologia nórdica, uma batalha que já aconteceu vezes sem fim durante a eternidade, todas sempre com o mesmo resultado: os deuses de Asgard são mortos e depois revividos sem suas memórias. É um dos aspectos mais interessantes da mitologia nórdica que eu recomendo vocês lerem sobre, e que definitivamente, deveria e eu espero que seja bem mais sério do que Thor (franquia) já foi até hoje, diferente do que o ator Chris Hemsworth pensa.

Depois de arrecadar 633 milhões de dólares em bilheteria mundial com "Thor: O Mundo Sombrio", "Thor: Ragnarok", que é o terceiro giro da franquia, chegará aos cinemas em 28 de julho de 2017.

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.