A escolha da Fox de criar a vida de X-Men no passado, passando pelas décas de 1960, 1970 e agora 1980, tem sido muito boa para a franquia, ao mostrar os mutantes em seu começo sem se tornar um X-Men Evolution. Após se mostrarem ao mundo, encararem os Sentinelas, chegou a vez do vilão Apocalipse das as caras, confira:



Objection!

Como era de se esperar, o tom está mais sombrio, pegadas mais escuras e vamos falar sobre destruição. Confesso que ver Sophie Turner fazendo a eterna cara de choro e sofrimento dela, falando sobre ver o fim do mundo, me fez pensar que por uns segundos, era Game of Thrones com Sonsa, digo, Sansa Stark lamuriando (depois ter o Tyrion no filme anterior...). Vivendo uma das mutantes mais fortes, Jean Grey, a jovem mutante recebe o conforte do Professor Xavier que diz ser apenas uma sonho e ela não devia se preocupar. Não mesmo ou ele já estava prevendo o futuro pela mensagem dela?

Algumas cenas para abusar do efeito 3D nos cinemas surgem, porém, elas tem uma pegada muito "fan made" ficando estranho e parecendo cenas deslocadas. Mesmo a queda de Tempestade chegando ao solo, que deveria ser triunfal, não passou essa sensação. Sem comentários para a cena de Magneto no mesmo naipe.

O vilão Apocalipse ganha um pouco de tempo e começamos a ver possíveis ligações histórica e um pouco do seu poder sobre os mutantes. O filme realizar uma abordagem similar a vista em Hércules, porém, mais ousada. Seria Deus na verdade o vilão? Ele possui quatro escudeiros consigo, batizados de cavaleiros, teria a bíblia copiado a ele e não o inverso? Apocalipse se autodeclara o pai de todos os mutantes e o verdadeiro líder para eles. Além de aprontar no final do trailer...

Mais cenas de destruição e confrontos são vistos até que chegamos em um momento que chamou a atenção e levantou a bandeira do alerta: Mistica. Em cinco filmes dos mutantes, a personagem esteve ao lado dos vilões mas aqui ela parece que vai ganhar um destaque mais heroico, de líder, provavelmente por alguma ausência de Xavier.
Mistica vai tornar heroína pelo fato da histório caminhar para esse rumo naturalmente, ou será imposto pelo fato dela ser interpretado por Janiffer Lawrence? Vale lembrar que quando ela começou a encarnar a personagem, sua fama como atriz não havia recebido o boom Katnis e Oscar.
A principio o trailer não me deixou com aquela mega sensação, mas sim, teve partes que eu gostei e particularmente o futuro assassino e atual retentor de posto de Magneto, Michael Fasbbender, tem sido um dos melhores pontos do reboot da franquia, com uma encarnação muito boa para o vilão (que hora joga nos dois lados da força).
Um dos pontos altos do trailer foi o final, com a cena que muitos estavam ansiosos para ver. Foi como você esperava? Deixe seu comentário sobre suas impressões do trailer.
X-Men: Apocalipse estreia no dia 27 de Maio de 2016

Sobre Wakashimazu

Gamer de nascimento, guitarrista por insistência, se divide em três para dar conta de dominar o mundo da música, dos jogos e dos otakus, enquanto lida com a caixinha de surpresas chamada de vida. Pode ser encontrado no Last FM, na Live ou no fórum!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.