Equipe e elenco de Capitão América: Guerra Civil revelam como as linhas de batalha foram definidas


Ah, sim. O filme que vai realmente fazer a pessoa que vos fala sangrar (uh oh). Já não é mais segredo que Capitão América: Guerra Civil vem para dividir tudo e todos, num grande conflito ideológico entre veteranos e novatos da Marvel nos cinemas. Sabemos que os acordos de Sokovia têm grande peso no filme, operando como a versão cinemática do Ato de Registro das HQs, mas o que não se sabe ao certo é como as linhas de batalha foram definidas.

Novamente Joe e Anthony Russo clarearam parte das nossas ideias através da nova edição da revista Empire. Nela, a dupla revela que houve muita reflexão sobre o posicionamento de cada herói. "Trabalhamos duro para descobrir razões muito específicas do por quê esses personagens seriam empurrados para um lado ou para o outro", disse Anthony, que citou a importância de encontrar algo que vá além do mero espetáculo para prender a audiência, pois sem algo mais consistente do que "explosões e acidentes de carro sem motivo," "é espetáculo vazio e o filme começa a perder ritmo muito rapidamente." 



#TeamCap
Para o time do Capitão América, certos personagens eram escolhas óbvias: "Sam e Steve tornaram-se confidentes próximos e bons amigos", disse Anthony Mackie, cujo personagem (Falcão) aproximou-se bastante do Bandeiroso desde os eventos de 2014 em Capitão América: O Soldado Invernal. "Steve é o líder, mas ele definitivamente vem até Sam e discute ideias com ele." Tudo justo e dentro dos personagens, nada a reclamar.

Como the zoeira never ends, vale registrar aqui entre nós que o Falcão e Bucky Barnes foram apelidados de "as duas namoradas do Capitão" nos sets de filmagem -risos- enquanto Sharon Carter (Emily VanCamp), a real namorada de Steve Rogers nas HQs (e possivelmente no filme) está do no filme, e obviamente do lado do personagem. Inclusive, a atriz afirma que Sharon está "disposta a ir longe para protegê-lo." Fofo. De uma forma meio trágica, mas fofo.

Por fim, a Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen) foi por um tempo vista como ponto de interrogação, e agora ela chega como aliada em potencial do time do Capitão. "Ela é uma pessoa complexa e extremamente poderosa", disse Joe Russo. "Ela não entende de fato a grandeza do seu poder. Eu não acho ninguém entende. Isso pode torná-la numa personagem assustadora, especialmente para o governo. Neste filme, nós vamos encontrá-la no início da tutela do Capitão. Ele está mostrando a ela a vida como uma Vingadora."

(Lembrando que o time ainda inclui o Gavião Arqueiro e o Homem-Formiga)



#TeamIronman
Se comparado ao do Capitão, o time de Tony Stark não é tão óbvio assim. Ok, temos o Pantera Negra (Chadwick Boseman), War Hammer (Don Cheadle) e Visão (Paul Bettany), porém há um ponto de desequilíbrio que é a presença da Viúva Negra. Isso faz sentido ao pensar nos eventos de Capitão América 2 e Vingadores 2, mas, ao mesmo tempo, a amizade que Steve Rogers e Natasha Romanoff criaram ao longo dos dois filmes, para agora, estarem de lados diferentes, cria um elemento emocional para a Guerra Civil explorar.

"Nosso novo desafio é que este universo é maior do que os Vingadores", disse Scarlett Johansson. "Há uma escola de pensamento que é necessária supervisão e gestão, algum tipo de regras básicas. Isso parece lógico - embora o Capitão e tenhamos tido uma má experiência." Entretanto, a real preocupação da Viúva Negra é Bucky Barnes - o Soldado Invernal. "Barnes é um coringa total. Ele realmente não é confiável porque está psicologicamente comprometido. Ele ainda representa uma ameaça, e eu acho que é como Natasha iria vê-lo."

Resumindo, gotcha. Enquanto ela sabe da amizade com todos no time do Capitão, a começar pelo próprio e estendendo ao Gavião Arqueiro, e mesmo ao Falcão, a preocupação com o Soldado Invernal faz todo o sentido e vem desde o segundo filme, se você parar para pensar. Provando que a Viúva pensa fora da caixinha do óbvio. #PadrãoHMBR



Homem-Aranha: onde está você, meu filho?
Um dos personagens mais aguardados continua no silêncio das sombras dos segredos, que é o Homem-Aranha de Tom Holland. Os irmãos Russo continuam quietos quando o assunto é de que lado o Cabeça-de-teia vai estar, mas, a Empire destaca que o personagem entra no conflito "depois que as linhas de batalha são definidas", formando um forte laço com um dos personagens.

E quem será? Que comece a temporada de palpites!

Dirigido por Joe e Anthony Russo e estrelado por Chris Evans, Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Anthony Mackie, Sebastian Stan e mais, Capitão América: Guerra Civil estreia nos cinemas brasileiros em 29 de abril de 2016.

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.