Todos cantando: Oh happy day!


Entre todos os vários aspectos de Batman vs Superman, um dos mais elogiados tem sido a Mulher Maravilha. Cercada de controvérsia inicial marcada pelo preconceito das pessoas que não achavam a Gal Gadot digna do papel eternizado pela ótima Lynda Carter, as novas fotos do filme solo da heroína vêm na medida para conquistarem mais alguns corações de gelo.

A primeira vocês podem encontrar originalmente no Moviepilot, e em tantos outros sites, claro. Mas os comentários do HMBR? Só no HMBR e em nenhum outro lugar. :) Vamos a ela:


Essa foto é de arrepiar. Mesmo. Eu, na condição de fascinada pela história de guerras desde o colégio, acho incrível como a foto acima funde com tanta tranquilidade o universo verdadeiro, da Primeira Guerra Mundial, que será o cenário do filme, e o fictício, afinal, imagine uma amazona com milhares de anos de idade posando junto de soldados de infantaria e afins? Bem doido, certo.

Por detalhes lá e cá tais como no primeiro vídeo do filme, ou as fotos do Dia do Armistício é possível ver que o filme está se dedicando mesmo no quesito produção, afinal, Mulher Maravilha será em boa parte um filme de época, e os fanáticos assim como eu em reproduções detalhadas e bem feitas de tempos antigos parece que ficarão satisfeitos com o que vem por aí.

Já a segunda foto está fresquinha, foi divulgada hoje (24) pelo Entertaiment Weekly, o constante responsável por explodir a internet com novidades do universo nerd. Respire fundo, sente bem na sua cadeira e vamos lá:


A foto acima mostra juntas pela primeira vez as mulheres mais importantes de Themyscira, terra natal da Mulher Maravilha: Diana Prince em pessoa com o mesmo escudo que você viu neste post (?), ao fundo, a mãe de Diana, a Rainha Hipólita (Connie Nielsen), e suas tias, a General Antíope (Robin Wright - direita) e a  Tenente Menalippe (Lisa Loven Kongsli - esquerda). Agora se você sobreviveu, vamos quebrar a cuca aqui.

De acordo com o EW,  as tias de Diana Prince estão treinando-a, mas nem sempre estão de acordo. "Ela é a única criança que criaram juntas," diz a diretora Patty Jenkins.. "E cada uma manifesta o seu amor por ela de uma forma diferente." É uma dinâmica aparentemente promissora.

Já o Calcanhar de Aquiles deste post (referência grega para combinar) fica nos trajes. Sobre eles, Jenkins disse: "Para mim, elas não devem vestir armaduras como os homens... deve ser algo diferente. Deve ser algo autêntico e real - e que apele às mulheres."

Eu não vou me manifestar agora. Antes, vamos com mais palavras da diretora sobre o assunto:

"Eu, como mulher, quero que a Mulher Maravilha seja muito sexy, uma lutadora voraz, capaz de, ao mesmo tempo, ter boa aparência - da mesma forma que os homens querem que o Super-Homem tenha abdominais definidos e um corpo impraticavelmente grande. Isso faz com que se sintam como o herói que querem ser. E a minha heroína, na minha mente, tem pernas bem longas."

(E quem somos nós para reclamarmos de pernas, Patty)

Eu apostaria o dinheiro que não tenho de como a foto irá causar um rebu. Normal para os dia de hoje. Mas a minha resposta é ligeiramente mais breve que a resposta da diretora (eu acho?), e que para você entender, vou ter que citar o produtor Charles Roven, ao falar sobre a criação de Themyscira, cuja imagem do EW dá um breve vislumbre:

"Themyscira é influenciada pelos gregos, mas é claramente mais do que isso. É um lugar que transmite a sensação de um lugar onde você nunca esteve. Mas uma vez lá, você fica em dúvida se quer embora tão cedo."

Certo, eu falei de todo mundo, agora vamos à minha opinião: adorei a imagem. Ela grita atitude e espírito de luta, tal como você esperaria de... Amazonas. Nada mais justo e óbvio. E, os trajes por sua vez gritam influência grega, o que você pode ver pelas palavras do produtor, então é justo. Os corpos estão expostos? Sim, porém é um traço comum nas armaduras gregas, como por exemplo você vê nos Hoplitas:


Esse tipo de armadura deixa principalmente as pernas e braços expostos, focando em de fato proteger o torso, que na verdade era o real perigo, ao mesmo tempo que oferecia mobilidade. 

Resumindo: eu sei que nós vivemos a era Brienne de Tarth. Eu sei que a discussão de uma armadura lógica para as personagens mulheres é eterna, mas se tudo isso que eu disse não te convencer, vamos para o ponto mais simples... Essas mulheres são imortais. Preocupação com ferimentos não é exatamente algo que está no topo da lista. 

Mulher Maravilha tem estreia programada para 23 de junho de 2017.

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.