Revelados detalhes da versão Blu-Ray de 'Batman vs Superman'

Em respeito a você, leitor do HMBR, estamos evitando noticiar spoilers

Eu gosto de spoilers. Geralmente eles acabam mais me animando que desanimando. Entretanto, eu entendo que nem todo mundo pensa assim, então como entramos na reta final para a estreia de Batman vs Superman, o HMBR vai fazer diferente dos outros sites, e vai tentar ao máximo não bombardear vocês com spoilers. Sendo assim, falemos do Blu-Ray do filme?

Faltam 20 dias para um dos filmes mais aguardados do ano. Entretanto, a versão Blu-Ray também não é menos aguardada, pois há poucos dias veio a notícia de que ela terá classificação indicativa R, ou seja, o Cavaleiro das Trevas e o Homem de Aço vão brigar para valer... Mas só na TV da sua casa.

"Sou pai de crianças, e sinto que não gostaria de ter um Batman vs Superman que não pudesse mostrar para os meus filhos mais novos," diz Ben Affleck. "Mas ao mesmo tempo, como adulto, eu quero ver filmes que tem classificação R. Eu penso que hoje em dia porque nós temos tantos meios de distribuição, e meios de fazer coisas diferentes, é a solução criativa para o desafio criativo."

Não é só uma solução criativa, também é sensata. Pensem comigo: imagine o choque para os mais novos de Batman e Superman brigando (embora eu já tenha uma ideia do resultado dessa briga), e de forma mais.. Explícita? Por outro lado, como deixar esse público mais jovem -e em potencial- fora da festa? E por mais um lado, como ignorar os adultos -as crianças grandes- que têm demonstrado o grau da carência que nós temos de produções de heróis com tom mais sério?

Entretanto, o ator enfatiza que a versão dos cinemas -classificação PG-13- estará sempre disponível como uma alternativa.

"Você pode ter várias versões e eu posso mostrar o meu filho e minhas filhas este filme e me sentir confiante de que o material não é muito louco, e depois os adultos podem ver a versão maior. Eles podem ver a versão mais adulta desse filme."

O que nós teremos no Blu-Ray?
A versão de Batman vs Superman para os cinemas tem duas horas e 31 minutos, o que já é bastante. Mas seguindo o espírito das versões expandidas de Peter Jackson e O Senhor dos Anéis, o diretor Zack Snyder disse ter pensado que as versões Blu-Ray e digital do filme poderiam sustentar algum material bônus.

(PS: ninguém ainda sabe qual será a duração da versão do diretor)

"Nós estávamos como 'Ok, veja. Não estamos fazendo um filme de três horas.' Quero dizer, nem eu quis fazer um filme de três horas," diz o diretor. "Eu dirigi os cortes provavelmente de forma mais severa do que qualquer um. O estúdio estava disposto a deixar o filme ter bastante material. Mas eu senti que são duas horas e meia lidáveis. Vamos também não esquecer que os créditos são super longos. Assim, o filme está mais perto de duas horas e 22 minutos."

Entre os elementos cortados da versão cinemática está a misteriosa personagem Jena Malone. Os fãs andaram especulando bastante sobre a sua personagem, mas, todos teremos que aguardar um pouco mais para descobrir.

"Acho que devíamos manter isso em segredo," diz Snyder. "Ela definitivamente não é Robin ou Batgirl. Estou feliz em dizer isso."

O conteúdo da "Ultimate Edition" de Batman vs Superman ainda não é conhecido, mas sem dúvida não seria revelado agora por contar como spoiler. Entretanto, já podemos adiantar que personagens menores da versão cinemática ganham histórias expandidas, e outros se unirão à Jena Malone na sala dos Resgatados do Corte.

E os easter eggs? Teremos eles também. Algumas dessas adições tem objetivo de fazer o link com os futuros filmes da DC, tais como Liga da Justiça, que será lançado em 2017, e que Snyder & cia começam a rodar em abril.

"E então temos um monte desses easter eggs na versão do diretor, e eu acho que eles serão diversão para todo mundo," diz o diretor. E aí, palpites?

Dito isso, a pergunta de 1 milhão de reais que muita gente (nós inclusos) fez, é: quais cenas levaram o Blu-Ray a receber a classificação R?

"Sequências de violência"
Em setembro de 2015 Batman vs Superman recebeu o selo PG-13 do conselho de classificação nos Estados Unidos, ou traduzindo, menores de 13 anos não podem assistir o material que é dito ter "sequências intensas de violência e ação por toda parte, e alguma sensualidade." Já a descrição do Blu-Ray veio ainda mais vaga com um "para sequências de violência." Fica a dúvida pra gente especular.

Charles Roven, produtor do filme que também trabalhou na aclama trilogia Cavaleiro das Trevas de Christopher Nolan, diz que a "Ultimate Edition" não será sem justificativa. "Não há um monte de sangue nos nossos filmes," ele diz. "O conselho de classificação também julga as suas classificações PG-13 e R pelo que eles consideram ser um nível de intensidade, e o quanto dessa intensidade se estende ao longo do filme. Há algumas cenas muito intensas em Batman v Superman, e elas durassem mais tempo e tivessem o mesmo nível de intensidade, isso poderia fazer com que o conselho de classificação mudasse a sua classificação."

Embora o hiper violento e sem filtro Deadpool tenha deixado público, produtores e toda Hollywood impressionada, e se perguntando se os filmes de super-heróis com tom mais adulto podem ser a nova onda, é algo que o universo DC também não considera abraçar - exceto talvez em casos de home video (DVDs, Blu-Ray, download digital, etc).

E os rumores não param por aí...
Fontes na Warner Bros. disseram ao EW que o estúdio está buscando a maior audiência possível com a versão cinemática do filme, e que a R - aka "Restrita"- faz exatamente o que é descrito.

Pensem comigo: Deadpool com classificação R tem feito sucesso imenso, pois o filme "ser R" era o plano desde o começo e todos, até o próprio Ryan Reynolds deixaram isso bem claro. Ok, o Batman não é santo, mas a proposta do personagem ainda é diferente, quem dirá então a do Superman. Assim, com o filme nos cinemas tendo o tom certo para a audiência ampla, e o Blu-Ray/download digital, muitas vezes procurado pelo público menos casual, tendo tom adulto, a Warner Bros. faz uma experiência válida e cobre as duas pontas da demanda ao mesmo tempo.

Gostei.

Roven, que também é produtor do igualmente aguardado Esquadrão Suicida, confirma que o filme não será R nos cinemas. "Eu acho que agora nós estamos indo para a PG-13. Não sei se isso irá mudar. Podemos dar a esse filme a intensidade que ele precisa e manter a classificação PG-13." Taí um desafio que eu farei questão de ver na prática.

Ben Affleck, que também será diretor e protagonista de um futuro filme solo do Batman, diz estar grato que o gênero foi abraçado de forma tão ampla, que é capaz de sustentar diferentes tipos de filmes de super-heróis.

"Esses filmes definitivamente evoluíram de serem quadrinhos para crianças destinados a crianças. Agora eles são a maioria dos filmes feitos, os mais bem sucedidos, os mais vistos da atualidade. Claramente há uma audiência grande o bastante. Por que não ter uma versão R que você lança para download ou DVD futuramente? Eu acho que isso é inteligente."

E, Sr. Affleck, o HMBR concorda 100% com você. Sendo assim estamos aguardando, pois Batman vs Superman: A Origem da Justiça estreia no Brasil no dia 24 de março.

Via EW

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.