Novo filme de Tomb Raider será influenciado pela série atual de jogos

Um mundo com mais Lara Croft = o melhor mundo de todos

Desde o princípio Tomb Raider sempre foi um sucesso. Teve seus baixos, é claro, mas também sempre teve um espaço especial no coração dos gamers e crianças dos anos 90. Entretanto, com o reboot que a série ganhou em 2013, a Crytal Dynamics e a Square Enix elevaram Lara Croft a outro nível, longe da fantasia em pixels dos meninos, para uma personagem mais sensível e realista. O tom obscuro, a história de sobrevivência da jovem arqueologista em uma ilha hostil e isolada, e a jogabilidade sólida tornaram o game num sucesso de vendas.

Rise of The Tomb Raider mostrou-se o mesmo sucesso, com direito a prêmio pelo roteiro. Nos cinemas, os planos de um reboot permanecem dormentes desde Tomb Raider: A Origem da Vida, filme de 2003 estrelado por Angelina Jolie. Mas enfim chegamos ao momento da vida em que o reboot vai acontecer! Roar Uthaugh (A Onda) está a escrever o script que tem insights de Mark Fergus e Hawk Osby (Homem de Ferro), Marti Noxon (A Hora do Espanto), Evan Daugherty (As Tartarugas Ninja - 2014) e mais recentemente, Geneva Robertson-Dworet (Transformers 5).

Quando questionado pela IGN sobre a sua visão da heroína Lara Croft, e como o reboot poderá ser influenciado pelos novos games, Uthaugh, que está otimista com a chance de apresentar a personagem para o público mais jovem, deu uma resposta em parte clichê, porém promissora:
"Acho que fazer Lara Croft se parecer com um ser humano real, isso é algo que definitivamente também queremos trazer para a grande tela. Acredito que vamos querer fazer as pessoas se conectarem a Lara como personagem. Estou na esperança de trazer algumas das minhas sensibilidades norueguesas para a franquia.

(...)

Sempre fui fã de personagens femininas fortes, e penso que tive personagens femininas fortes em todos os meus filmes anteriores, então isso é algo que eu achei interessante."

Ao falar sobre o modelo do que deseja atingir com o filme de Tomb Raider, Uthaugh citou um de seus filmes favoritos, que acontece de ser apenas um dos mais icônicos do cinema:
"Os Caçadores da Arca Perdida foi um dos meus filmes favoritos quando mais novo, por isso é definitivamente um sonho trabalhar nesse tipo de gênero. Acho que vamos querer que Tomb Raider passe a sensação de um filme de ação moderno, e fazer o que está acontecendo parecer que está acontecendo de verdade."

Esse é tópico é recorrente no cinema: como tornar a ficção tão plausível quanto a realidade? É a bandeira levantada em 2016 por Batman vs Superman e Capitão América 3, por exemplo. Para mim a preocupação é 100% válida, pois faço parte da parcela do público que apesar da certeza de que aliens e super soldados não existem (até que provem o contrário), ter a sensação de que poderia ser real dá um gostinho mais interessante ao filme.

Claro, Os Caçadores da Arca Perdida não é o exemplo realismo, porém não é difícil entender quando o diretor cita o filme como referência: a inspiração em Indiana Jones para as aventuras de Lara Croft é evidente, e achar o equilíbrio entre esse tipo de ação e um roteiro sóbrio não é impossível. Mais: é marca registrada da nova fase de Tomb Raider que faz todo sentido que ser levada para os cinemas. 

Enquanto a sensação de que o reboot dos games vai influenciar o reboot do cinema é forte, ainda não se sabe se a história seguirá o mesmo caminho, e isso pode ser uma bela armadilha para os roteiristas. Reproduzir 100% da história dos games no cinema? Criar uma outra história 100% nova? Adaptar a história dos games para as telonas? (o que me parece o mais sensato) Veremos.

O reboot de Tomb Raider está em fase de desenvolvimento. Enquanto isso, vamos conversar: quem vocês gostariam de ver como a nova Lara Croft?

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.