Hoje é tipo natal, só que em março

Agora sim, post atualizado, porque é claro que eu não ia deixar de tagarelar um monte sobre isso. E eu já avisei algumas vezes, porém mudei de ideia e vou atualizar a frase: não faço mais questão de tentar ser profissional ao falar de Capitão América: Guerra CivilÉ impossível e vocês sabem. Então vou deixar rolar, ainda mais agora com o lançamento do segundo trailer oficial. Vem comigo:

A espera acabou! Confira o aguardado novo trailer de Capitão América #GuerraCivil! De que lado você está? #TimeCapitãoAmérica #TimeHomemDeFerro
Publicado por Marvel em Quinta, 10 de março de 2016


Assistiu? Sobreviveu? Então vem quebrar a cuca comigo nas impressões:



A atmosfera
Ela segue a linha do que os diretores Joe e Anthony Russo vem chamando de "thriller psicológico." O trailer coloca você num leve (ou não) estado de ansiedade com as faíscas saindo entre os heróis, mais ainda porque apesar as divergências ainda não explicadas, tanto o Capitão América quanto o Homem de Ferro tem argumentos bem razoáveis para defender os seus lados. Sem falar da edição, fotografia e trilha sonora, que reforçam a tensão que o filme promete trazer.

Vale citar a edição novamente, pois de forma muito sagaz o trailer mostra o Falcão quando citam o incidente de Washington DC (Capitão América 2), e a Feiticeira Escarlate quando citam Sokovia (Vingadores 2). Bem bolado, Marvel. Bem bolado.



Lista de destaques
Do jeito que andam as coisas eu sou capaz de fazer um trailer breakdown e discutir cada detalhe do vídeo, mas aí o post viraria bíblia, risos. Escrever sobre o que a gente gosta é bem fácil, difícil é saber a hora de parar. Então vamos ficar com uma lista de destaques rápidos e arrepiantes:

Os incidentes de Nova York, Washington DC e Sokovia: lembrar deles o link perfeito que mostra como Guerra Civil é o efeito colateral de Vingadores 1, 2, e Capitão América 2. A continuidade agradece!;

O Homem de Ferro que eu sempre quis ver: nunca gostei do retrato de playboy mimado do Stark. Entretanto, Guerra Civil promete ser histórico até nisso, finalmente colocando o playboy mimado para sentir e lidar pra valer com as consequências dos seus atos. Estou histérica;

Não subestimem a Feiticeira Escarlate: afinal, não dá para dizer que é pouca coisa alguém capaz de deixar o Visão de joelhos (e não é pelo charme). Lembrando que Visão é o droide ultra moderno apenas carregando uma das Jóias do Infinito;

Bucky Barnes voltou a si?: eu sinceramente acho que não. Pode ser truque da edição, mas ainda não sinto firmeza de que o Soldado Invernal se livrou 100% da lavagem cerebral da Hidra;

Homem-Formiga e Gavião Arqueiro = a referência master: acho que nem precisa dizer mais, certo? Os irmãos Russo prometeram a cena e ela está lá mesmo. É tipo natal, só que em março;

- Rhodes vai morrer?: a sensação que os dois trailers passam é que sim, o ex-Máquina de Combate, atual Warhammer, será uma das baixas do filme, e que isso pode vir a servir como motivador e sustento da raiva de Tony Stark, tal como Bucky sustenta a motivação de Steve;

- Natasha: caso complicado que eu falo daqui a pouco;

- "Oi, galera": o rumor se fez real e o Homem-Aranha se fez presente entre nós. E fez isso com uma entrada que mais Cabeça de Teia, impossível. E os olhos dele são animados! Arrepiou até agora.



#TeamCap, #TeamIronman, ou #TeamNãoSouCapazDeOpinar?
Quando anunciaram o filme Guerra Civil eu achei que seria fácil me posicionar, mesmo sabendo do quão tensa a história é na HQ: não gosto do Homem de Ferro, o Capitão América é meu segundo Vingador favorito, feito! Só que chegou a prática e o meio de campo embolou todo, eu simplesmente não consigo escolher um lado. E não é apenas porque ambos tem argumentos justos, mas porque os envolvidos me impedem disso.

No primeiro trailer eu #TeamCap, com aquele 1% de tela azul depois do "Eu também era" do Homem de Ferro. Então veio o segundo trailer, a confusão, a treta, e seria eu agora #TeamIronman? Ou #TeamNãoSouCapazDeOpinar? Só sei que nada sei e eu nem entendi um pouco direito.

A balançada da minha opinião veio no ritmo das teias do Aranhiço. Não sou a fã mais dedicada do Homem-Aranha, mas eu admito que ele é um herói de grande apelo popular, e estava claro desde o começo que o time do Homem de Ferro estava desfalcado, no que eu até brinquei com o Waka que enquanto isso, meio elenco foi para o lado do Capitão.

E com Peter Parker de um lado, o humor também tende a ser equilibrado, já que o Homem-Formiga está do outro.



As mulheres da Guerra Civil
Ah, sim. A minha hora.

Estou deveras feliz de ver a Feiticeira Escarlate em ação! Embora nem sempre recebam o espaço justo, as Mulheres da Marvel geralmente são fantásticas e amor a primeira vista, e repito: ver a Wanda usar os poderes e colocar o Visão, o Visão de joelhos, não é pouca coisa e definitivamente você não pode ignorar. Dizem também que no filme o Capitão surge no papel de tutor dela na vida de herói, o que eu quero muito ver.

Sharon Carter dessa vez ficou ausente. Duvido que a personagem fique contra o Capitão, afinal se ela não fez isso em O Soldado Invernal e ao contrário, enfrentou a Shield inteira, creio eu que a traição só viria por coerção.. Vide o que acontece com ela nas HQs. Eu realmente gostaria de ver a Sharon/Emily ter mais lugar ao sol, pois eu gosto da atriz e a personagem ainda tem muitas satisfações para dar aos fãs. (aka sua tia era a mesmo a Peggy Carter??)



E a Viúva Negra, Brasil?
Eu quero, pretendo, e com sorte vou fazer um texto detalhado sobre o caso da Viúva Negra no filme, afinal você não pode esperar menos de mim na hora de falar da minha personagem favorita do MCU. Já estou armada com várias ideias e alguns textos, e não se espante se surgir uma Atenas em breve, embora eu não sei se já seria amanhã, afinal, como lidar com esse trailer?

Não quero dar spoiler das minhas ideias, mas a sensação do momento é: apesar de estar no time do Homem de Ferro, Natasha Romanoff vem correndo por fora com a sua própria missão, e infelizmente isso passa pela decisão de virar-se "contra" o Capitão, o que vem sendo taxado de a decisão mais difícil entre todos os personagens, porque é lógico que a pessoa que vos fala precisa ficar naquele 99% de pânico básico.

Seria a missão ir atrás do Soldado Invernal? O primeiro trailer meio que sugere isso, vide a conversa dela com o Capitão pelo telefone. E um amigo certamente faz outro amigo entrar em atrito com uma amiga. Mas veja: nas cenas onde falam do acordo, a mesa redonda quase sempre mostra Steve, Sam, Wanda e a Natasha, que mais à frente já não está com eles. No segundo trailer a Viúva não se mostra tão preocupada quando Tony diz que estão vindo atrás dela, o que pode(ria) mostrar o foco em outra coisa.

Disseram que teríamos um agente duplo. Seria ela? Faz todo sentido, embora ainda assim, não torne a posição de personagem mais fácil, ainda mais por ficar contra um amigo, ainda mais porque o outro amigo (Gavião Arqueiro) esteve ausente justo num dos momentos mais importantes da Shield, da vida dele, e da vida da suposta melhor amiga.



O veredito
Gostei demais do trailer. Foi informativo e sugeriu coisas, mas não disse que sim, nem disse que não. Teve ação, drama, e se depender da vibe que Guerra Civil vem construindo, vamos todos morrer na primeira meia hora das duas horas e 27 minutos.

Tenho curiosidade pelas performances de 2 atores: Robert Downey Jr, sim, do qual eu não sou tão fã, mas que parece explorar outro lado do seu personagem, e um lado promissor, e da Scarlett Johansson, óbvio. Afinal, essa sou eu.

O filme sem dúvida promete um pacote de luxo de tensão, nervosismo, referências e horas de cortar o coração, afinal é Guerra, e é difícil esperar guaxinins e árvores falantes. Estou absurdamente animada, claro. (ninguém percebeu, né?) Afinal, ver uma das minhas histórias favoritas da Marvel no cinema, pelas mãos de dois diretores os quais me surpreenderam demais e de forma positiva? Haja unha para roer.

Capitão América: Guerra Civil estreia nos cinemas brasileiros no dia 28 de abril. E fiquem com o novo pôster, que é de tirar o fôlego:


Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.