Meta de "Luke Cage" é ser completamente diferente de "Jessica Jones" e "Demolidor"

Marvel saindo da caixinha do óbvio?

A roda das produções da Marvel vai girando loucamente com Guerra Civil, Homem-Aranha e Doutor Estranho, mas na TV a Casa das Ideias também não para. No giro da terceira série que irá levar ao crossover Defensores, Luke Cage é descrita pelos envolvidos na produção da série como bem diferente de Jessica Jones e Demolidor. O que é no mínimo curioso, e é claro que você vai se perguntar: diferente como? Pode ser que o HMBR tenha a resposta.

Semana passada durante o carpete vermelho da estreia de Capitão América: Guerra Civil, o Comic Book Resources conversou com o showrunner de Luke Cage Cheo Hodari Coker e a atriz Simone Missick, que viverá a detetive ciberneticamente modificada Misty Knight. Ambos reforçaram que embora estando no mesmo universo de Matt Murdock e Jessica Jones, Luke Cage terá a sua própria vibe, reflexo da mudança de cenário de Hell's Kitchen para o Harlem.

Coker é não só um jornalista focado no hip-hop, mas um veterano da TV que já trabalhou em séries como Southland, Ray Donovan e a badalada NCIS: Los Angeles. Quando perguntados a respeito do que a série tem de diferencial, as respostas foram bem interessantes e promissoras.

"As cores, as sensações, os sons - tudo sobre essa série é próprio. O Harlem é um personagem. As outras séries passaram-se em Hell's Kicthen, essa é a primeira que se passa no Harlem e você definitivamente sente isso," disse Missick. "Você sente isso na música, nas conversas, nos personagens, em tudo. 'Luke Cage' é algo completamente novo."

"Para mim, o hip-hop sempre foi a música do super-herói negro," acrescentou Coker. "E agora nós temos um super-herói negro que combina com a música. Quando você pensa sobre Wu-Tang, você pensa sobre álbuns do A Tribe Called Quest tais como 'Midnight Marauders', está enraizado na cultura, mas ao mesmo tempo, torna-se o novo rock and roll. Todo mundo aceita isso, todo mundo entende isso."

Sobre a vibe da série e o encontro entre Luke Cage e Misty Knight, o showrunner explica: "Essa é realmente a vibe da série - de um lado estamos lidando com o Harlem de formas com as quais ele realmente não foi abordado. Mas ao mesmo tempo, é uma série de super-herói. Ao mesmo tempo você tem a chance de conhecer Luke Cage, Misty Knight. Você tem a chance de conhecer todos esses personagens. É realmente divertido."

Assim nós temos mais uma rodada de expectativas para a série do Power Man vivido por Mike Colter divulgada, o que realmente levanta a curiosidade depois de Luke Cage ter sido chamada de a "The Wire da Marvel Television." Ambicioso, não? Enquanto o dia 30 de setembro não chega e não vemos o herói em ação, que tal ver o primeiro teaser da série, e as expectativas do Wakashimazu?

'Simbora:

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.