Guerra Civil é um filme com muita, mas muita informação acontecendo, e até mesmo a pessoa que vos fala se perdeu aqui e ali quando assistiu. Imagino você, fã casual que nunca se importou muito em desbravar as origens dos personagens da Marvel? É como os gringos dizem, I've been there, eu sei bem como é. Mas dentre todas as coisas bem interessantes que o terceiro filme do Capitão América nos deu, uma das melhores é sem dúvida o Falcão e o Asa Vermelha.

A dupla tem papéis bem importantes no filme, pois ambos são um suporte de grande ajuda a Steve Rogers na campanha contra os Acordos de Sokovia, e seguindo o destino de vários personagens do Universo Cinemático, o Falcão é bastante diferente da sua versão dos quadrinhos, embora mantendo um ou outro aspecto em comum, a começar pelo nome (Sam Wilson).

O Falcão das HQs


Sam Wilson estreou na edição #186 de Captain América que foi lançada em 1969. Retratado como um street hustler -alguém que vive de vender drogas ou itens roubados- a vida de Sam muda quando o Caveira Vermelha usa o Cubo Cósmico que lhe dá super poderes. Ele se torna amigo do Capitão até o momento que o Caveira decidisse tornar os amigos em inimigos, mas no fim, Sam consegue quebrar o controle do vilão e tem sido um dos heróis desde então.

O Falcão do MCU


Felizmente o Sam Wilson do MCU não seguiu a mesma rota. Interpretador pelo ator Anthony Mackie, o Falcão dos filmes estreou em Capitão América: O Soldado Invernal, sendo um dos elementos mais importantes e divertidos do filme. Depois de conhecer Steve Rogers durante uma corrida casual em Washington D.C., os dois se tornam amigos fácil, e Sam se destaca por ser um membro das forças armadas de posse de uma arma experimental com asas que o permite voar. Eu vos apresento o EXO-7 Falcon!



Sam teve participação importante em O Soldado Invernal, e tornou-se um Vingador de carteira assinada em Era de Ultron, além da passagem por outro filme da Marvel (que é Homem-Formiga, mas eu vou deixar esse possível spoiler riscado). Agora, em Guerra Civil, Sam se vê novamente ao lado do Capitão América por ambos serem contra os Acordos de Sokovia, a versão cinema do Ato de Registro que nas HQs fichou os heróis para os responsabilizar por suas ações. E como confusão pouca é bobagem, no meio da jornada o Falcão ainda tem de lidar com o retorno do melhor amigo do bandeiroso, Bucky Barnes, aka Soldado Invernal.

O Falcão de Capitão América: Guerra Civil
O EXO-7 Falcon de Soldado Invernal é absurdamente nerd e bem pensado, isso não se discute. Ao mesmo tempo o traje combina a tecnologia de ponta com a "aparência de passarinho" que tal como o codinome sugere, Sam Wilson tem nas HQs com seu traje e asas criadas por oh quem diria, o Pantera Negra:



Só que em Guerra Civil o traje do herói passa por um upgrade e assume outra aparência ainda mais hi-tech, com várias bugigangas novas incluindo o Red Wing, ou Asa Vermelha. E o que é o Asa vermelha? Nas HQs, é uma ave de rapina, pois entre as habilidades do Falcão está a capacidade de se comunicar com aves e dar ordens ao estilo Aquaman de ser. Como os filmes do Capitão América seguem uma abordagem mais realista, ta-da! Eis que o Asa Vermelha virou um drone super moderno com recursos que são bem usados no filme, além das cores que o novo traje traz, uma referência ainda mais forte ao Falcão das HQs:



E fica ainda mais divertido porque apesar de ser um drone/robô, Red Wing tem forma de pássaro que você vê abaixo, mas pode ver em detalhes no post onde apresentamos a action figure do herói lançada pela Toy Toys:


Status do Falcão nas HQs

Não é uma informação tão obscura, mas vale dizer: ele é o novo Capitão América! Sim, Steve Rogers reclamou o trono apesar da idade, e enquanto Sam decidiu manter a identidade de Capitão e usa o escudo original, Steve tem uma nova variação do escudo novinha em folha só para ele trabalhar. 



Se Anthony Mackie pode se tornar um dia o bandeiroso do Universo Cinemático? Bom, em Guerra Civil nós tivemos as três encarnações do personagem na mesma tela, pois Bucky Barnes já teve seu tempo usando o famoso manto. A Marvel Studios não é exatamente conhecida por ser progressista, mas com Joe e Anthony Russo o estúdio tem quebrado muitos estereótipos e conquistado os fãs, a Guerra Infinita está vindo e ninguém sabe quem vai viver para ver outro dia.

Será que é contra Thanos que o personagem de Chris Evans canta Another One Bites The Dust? Mistério. Mas que independente disso, o Sam Wilson/Falcão dos filmes já é bem bacana, isso é difícil negar.

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.