Policial doa a própria coleção de cartas Pokémon para o garoto que teve a dele roubada


Em tempos onde a segurança é preocupação minuto a minuto, e o roubo de artigos nerds por mais que soe bizarro, não é incomum, torna-se bacana por demais (e meio curioso) poder trazer uma notícia dessas que melhor ainda, envolve uma nerdice favorita do HMBR.

Bryce é um garoto de nove anos, fã de Pokémon e que mora na cidade americana de Cleveland. Um dia ele estava andando pela rua com seu álbum cheio de valiosas cartas Pokémon, quando um ladrão roubou a coleção do garoto e fugiu. A reação óbvia? Chamar a polícia, claro. Foi assim que o oficial da polícia James Grotenrath entrou na história e foi o herói do dia de forma.. Diferente.

James conseguiu recuperar o álbum com outra criança da vizinhança, entretanto, algumas cartas não estavam lá. Incapaz de localizar de imediato cada um dos itens perdidos, o oficial teve a ideia mais inesperada de fazer justiça ao garoto: ele foi em casa, pegou a sua coleção de cartas Pokémon e deu ao Bryce como um presente. (!)

Em declaração aos jornais locais o policial explicou que "cresceu com Pokémon," e que "Ele amava Pokémon quando criança e ficaria de coração partido se as cartas dele fosse roubadas."

(E quem não ficaria?)

E para o caso dos descrentes acharam que Grotenrath (e esse nome que renderia um ótimo Pokémon tipo terra?) deu um monte de cartas de Pidgey e Energia, o garoto e o policial confirmaram que pelo menos uma carta ultra rara está incluída no set. Embora a carta não tenha sido revelada por motivos óbvios, Bryce afirma que "existem apenas dez dessas no mundo, e eu tenho uma delas."

Quando perguntado se ele tinha quaisquer dúvidas sobre dar um item tão valioso, o policial disse gentilmente: "É um item de valor inestimável, mas é melhor ver o sorriso de alguém sorriso no meu livro, como o meu parceiro diz. É a felicidade de ver um cidadão sorrir em vez de sempre fechar a cara para nós e olhar para o outro lado."

Assim, saindo da semana na qual os games marcaram a vida de duas pessoas indo além da jogatina, entramos a semana com esse gesto tão gentil, mostrando também a vitalidade da franquia Pokémon, plus do Pokémon Trading Card Game, que em fevereiro desse ano teve o set clássico relançado em comemoração aos 20 anos de Pokémon. Esse é o poder dos monstros de bolso, unindo um policial de 26 anos e um menino de nove anos pela mesma paixão.

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.