Quando a cena pós créditos de X-Men Dias de Um Futuro Esquecido surgiu, já estávamos com a prévia do seria o terceiro filme do rebbot dos mutantes: En Sabah Nur. Chegamos em 2016 e, enfim, temos a estreia de X-Men Apocalypse. Bryan Singer estava com a missão de repetir o fiasco de X-Men 3: O Confronto Final, único sem a sua direção. Será que conseguiu?
Também conhecido como Apocalipse, En Sabah Nur (Oscar Isaac) é o mutante original. Após milhares da anos, ele volta a vida disposto a garantir sua supremacia e acabar com a humanidade. Ele seleciona quatro Cavaleiros nas figuras de Magneto (Michael Fassbender), Psylocke (Olivia Munn), Anjo (Ben Hardy) e Tempestade (Alexandra Shipp). Do outro lado, o professor Charles Xavier (James McAvoy) conta com uma série de novos alunos, como Jean Grey (Sophie Turner), Ciclope (Tye Sheridan) e Noturno (Kodi Smit-McPhee), além de caras conhecidas como Mística (Jennifer Lawrence), Fera (Nicholas Hoult) e Mercúrio (Evan Peters), para tentar impedir o vilão.
A abertura no leva ao extremo Egito antigo, na cidade do Cairo. Presenciamos o culto a En Sabah Nur, o qual iria transferir sua consciência para um novo corpo. Apocalypse originalmente consegue controlar a matéria, porém, conforme foi passando de corpo em corpo ao passar dos anos, adquiriu os poderes dos novos corpos. Sendo tratado como um falso Deus, sua guarda tenta acabar sua existência, mas, seus Cavaleiros o protegem.

Chegando na década de 1980, vemos que o mundo está em paz há 10 anos, período entre Dias de um Futuro Esquecido para o momento atual do filme: 1983. O Instituto Xavier está cheio de alunos e no momento possui uma aluna temida pelos demais: Jean Grey. Novos mutantes chegam a casa e assim conhecemos Scott Summers, que você provavelmente conhece como Cyclops

Bora conquistar saporra de novo
Outros mutantes são apresentados de diversas formas como Anjo em uma rinha mutante e logo vemos Noturno surgindo nessa briga com uma sequência muito boa. Jubileu faz parte da trupe mas não possui muitas ações nesse momento.

Sendo o mais temido dos mutantes, Erik Magnus Lehnssher se escondeu na Polônia para viver uma vida normal, como se não fosse um mutante, e assim, ser feliz com sua esposa e filha. Em meio a paz, o Apocalypse acaba sendo despertado nos dias de hoje e fica bem frustrado em ver como está o "seu mundo". A partir disso ele começa a reunir seus filhos, selecionando os seus novos Cavaleiros. São recrutados por sua forças a jovem Tempestade; a guerreira ninja psyquica Psylocke; até então um dos mais fortes, mas com sua asa quebrada, Anjo; finalizando a lista, o vilão se aproveita da baixa na vida de Magneto e o torna um dos mais poderosos entre seus seguidores.

Eu apertava com mais força só por garantia.
Com suas forças formadas Apocalypse começa a colocar em prática seu plano e encontra o poder que lhe faltava: Charles Xavier. O filme faz uma boa sequência entre os três atos com apresentações bem diretas dos novos personagens e colocando-os para brilharem.

Um dos meus temores era quanto a Mistica seria um destaque como herói. Bem, a Mistica aparece pouco, mas a Raven dá muito as caras e com uma boa desculpa, mas que não me convenceu. O fator ser Jennifer Lawrence parece pesar ainda, mesmo sendo irônico que X-Men ajudou sua projeção e não Jogos Vorazes. Jean Grey já demonstra a que veio e podemos esperar uma grande saga quando chegarem em 1990 ou 2000. Olivia Munn se mostrou uma boa Psylocke (( ͡° ͜ʖ ͡°)) e seu futuro no filme abre algumas possibilidades, assim como a cena extrema de fan service que temos no filme.

O confronto decisivo contra o Apocalypse recebe uma grande magnitude e acaba sendo mais ousado em como foi realizado, saindo um pouco do tradicional briga de rua nosso. Mais uma vez Mercúrio brilha com uma cena, entretanto, o jovem Peter começa a ganhar mais destaque. 


Elenco: James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Evan Peters, Oscar Isaac, Nicholas Hoult, Hugh Jackman, Alexandra Shipp, Tye Sheridan, Sophie Turner, no Kodi Smit-McPhee, Rose Byrne, Lana Condor, Ben Hardy, Olivia Munn, Lucas Till
Direção: Bryan Singer
Gênero: Ação
Duração: 143 min.
Distribuidora: Fox Films
Classificação: 12 Anos

Sobre Wakashimazu

Gamer de nascimento, guitarrista por insistência, se divide em três para dar conta de dominar o mundo da música, dos jogos e dos otakus, enquanto lida com a caixinha de surpresas chamada de vida. Pode ser encontrado no Last FM, na Live ou no fórum!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.