Sempre gostei de desenhar e etc, mas não sou muito ligada no mundo das animações americanas. Entretanto, quando Procurando Dory foi anunciado eu sabia que seria obrigatório assistir, afinal, são treze anos esperando por esse filme! Plus, Procurando Nemo é a minha animação favorita, além do fato de eu me identificar/simpatizar com a Dory por certos motivos. Resultado? Vai ter Comentando do trailer novo que foi lançado hoje. E tudo começa por ele:


Filme de criança? Nem tanto assim

Até já imagino a cena: a fila do "filme de criança" cheia de crianças grandes, minha pessoa inclusa. Justo. Procurando Dory tem tudo para ser um filme com dose extra de feels por focar na peixinha, cuja história, se você olhar de perto, é mais triste do que parece: Dory sofre de perda de memória de curto prazo, e embora não tenha nenhuma relação, me faz lembrar do Alzheimer. Só isso já tira todo contexto infantil. E mesmo que você ignore essa viagem minha, reflita no slogan do filme: imagine ter a maior aventura da sua vida. Conhecer outro país, ir ao Wacken, para a Disney, conhecer o seu ídolo, ver o seu esporte favorito ao vivo (com as 500 Milhas de Indianápolis vindo eu só penso nisso..). 

Agora Agora pense que você não vai lembrar de absolutamente nada disso? Tá liberado chorar em posição fetal.

A qualidade da animação e dublagem

Dispensa comentar a qualidade visual dos filmes da Pixar, geralmente impecável. Não sou a pessoa mais amiga do mar, mas é encantador os coloridos e sombras de Procurando Nemo, onde a minha cena favorita é quando o Marlin e o Nemo encontram com as tartarugas na Corrente da Austrália oriental. É lindo! A dublagem brasileira do filme também é muito boa, sendo esse um dos filmes que eu faço questão de ver dublado, e não deve ser diferente com Procurando Dory. Só não me meto a assistir em 3D porque meu astigmatismo não deixa, e mesmo que deixasse, a carteira diz objection!

Expectativas

No trailer vocês viram Marlin, Nemo, e as tartarugas, mas vários personagens novos apareceram. Quais vocês mais gostaram? Fiquei entre os leões marinhos e a baleia branca, e as minhas perguntas não acabam: quais deles estão envolvidos no passado da Dory? Quem sabe a verdadeira origem dela? Quando ela encontrar os pais, vai deixar o Nemo e o pai? Ela vai encontrar os pais? A expectativa é de que seja um filme visualmente impecável, cheio de horas divertidas e emocionantes, que já vieram no trailer. Mostrem a importância de aproveitar cada momento, da memória, da família, e das famílias que não são de sangue, mas seja por um motivo ou por outro, muitas vezes elas acabam se tornando o seu verdadeiro lar.

Quanto mais choro, melhor! [risos] E imaginem, vamos ter uma personagem feminina liderando um filme. Não posso esquecer desse detalhe.

Procurando Dory estreia nos cinemas do Brasil em 30 de junho.

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.