Dublê de "Supergirl" faz história em programa dos EUA


A TV a cabo é um universo cheio de coisas inusitadas e reprises infinitas, mas de lua cheia em lua cheia você encontra algo realmente interessante. Um dos achados mais curiosos da pessoa que vos fala é o Guerreiro Ninja Americano, competição incrível na qual uma mulher recentemente fez história.

Jessie Graff é artista marcial e dublê da série Supergirl, aquela que foi do céu ao inferno e de novo ao céu por quase ser cancelada, até o The CW vir e garantir a renovação. Sobre a Jessie, ela tornou-se a primeira mulher a conseguir a classificação para as finais do programa! Mas aí você me pergunta: que diabos é esse Guerreiro Ninja Americano?

Eu digo: é um programa que faz 100% jus ao nome por desafiar os concorrentes com circuitos de obstáculos que exigem do corpo por inteiro, pois por mais forte que você seja, se a cabeça falhar e você se distrair um instante, as chances de fracasso aumentam no mínimo em 500%. 

O mais bacana ainda é que qualquer um pode participar caso passe pelas seletivas, então aparece de tudo: fazendeiros, alpinistas, muitos dublês, comerciantes, professores, cirurgiões ao melhor estilo Stephen Strange.. É engraçado.

Mas melhor do que falar, é mostrar a loucura que a Jessie Graff enfrentou devidamente vestida de Mulher Maravilha. O primeiro vídeo é da classificação para Los Angeles e o segundo é da classificação para Las Vegas:




Eu disse.. Loucura. O programa faz classificatórias locais com desafios diferentes, e a medida que a competição avança eles vão ficando mais difíceis e surreais de superar. É muito doido. Ainda tem a tal da parede curva que quando você olha é difícil acreditar que exista gente que escale a dita cuja, mas sim, existe.

Não são muitas mulheres a superar essa vilã, entretanto, mas a Jessie agora é parte do seleto grupo. 

Momento intrometida: um dos meus desafios favoritos, por assim dizer, é o "salto da aranha," pois ele quebra totalmente as leis da física ao forçar o competidor a se virar sem a ajuda de um atirador de teias, o que seria mega útil. Veja como ele acontece na prática:


As finais do Guerreiro Ninja Americano ainda não aconteceram, mas Jessie Graff vai estar lá porque apesar de não ter completado o circuito, a sua performance foi a segunda melhor da noite (chegou a ser a primeira durante um tempo). E se ela precisar de apoio para chegar mais longe, a Mulher Maravilha de Aço vai ter bastante.

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.