Entre as diversas atrações da Brasil Game Show 2016, havia um grande espaço dedicado aos jogos indies. Entre eles pude finalmente conhecer o Trajes Fatais, jogo brasileiro de luta com pegada folclórica nordestina. Todo o visual do jogo é de uma carisma único e vai além do trabalho das sprites. Unindo simplicidades e os elementos que um jogo de luta deve ter, Trajes Fatais pede seu espaço. Confira a aventura.
Durante uma festa a fantasia, uma misteriosa divindade concede poderes aos convidados, de acordo com os trajes que estão usando. Agora, eles precisam participar de um perigoso torneio para escapar. Essa é a premissa de Trajes Fatais, um jogo de luta para PC em pixel art desenvolvido pela Onanim, com mecânica acessível e animações de alta qualidade remetendo aos grandes clássicos 2D.
O jogo foi pensado para unir os dois lados da FGC: o lado competitivo com as mecânicas de footsies e sistema de combos baseado em cancelamentos e estudo do espaçamento que cada golpe pode gerar, e assim, você estender seu combo da melhor maneira possível; e o sistema simplificado no qual temos apenas um botão para golpear, porém, cada direção gera um golpe diferente (de forma similar ao Super Smash Bros). Pode parecer pouco ou que não, mas acredite, o sistema funciona muito bem. Minhas primeiras lutas no jogo foram durante a BGS, no vídeo estou com o cangaceiro Lourenço:

Aproveita e se inscreve no canal :)

As "barras de vida" são as cinco esferas como podem ver no vídeo. Cada esfera possui três funcionalidades: 1) um medidor de vida; 2) uma pseudo barra de stun evitando combos infinitos; e 3) uma barra de defesa evitando também uma retranca inquebrável. E como o ataque, muito bem encaixo, é a solução para você vencer conheça as ações:
  • Neutro (rápidos de média distância) ;
  • Trás (rápidos de curta distância) ;
  • Baixo (rasteiras) ;
  • Frente (lentos de longa de distância) ;
  • Cima (anti aéreo) ;
  • Baixo + Trás (poke) ;
  • Baixo, Baixo (especial 1) ;
  • Frente, Trás, Frente (especial 2).

Sobre o torneio

A festa de aniversário de Nathy Clarimond é o maior evento da cidade de Apolínea do Sul. E também uma desculpa para seu pai, Wagner, prefeito e maior industrial da região, reunir seus potenciais eleitores e exibir sua filha como um troféu. Na enorme mansão dos Clarimond, a cidade inteira se reúne por uma noite, seguros atrás de suas máscaras. Intrigas, inimizades, amores secretos e conspirações estão prestes a explodir…
Até que uma luz vinda do céu muda tudo.
Uma misteriosa entidade denominada Makiabel congela o tempo, cedendo a alguns participantes da festa o poder das fantasias que estão usando. Guiados por uma versão alternativa de si mesmos, os B-sides, os escolhidos são obrigados a lutar entre si, competindo pela própria liberdade e pelo Poder destinado ao vencedor. Apenas um deles pode vencer o torneio dos Trajes Fatais.

Entre os convidados que estavam jogáveis na BGS foram: Lourenço Sombra (O Cangaceiro) um dos personagens mais simples de jogar e com golpes muito bons; Cristiano Martins (o Anjo) e seu B-side, de jogabilidade moderada e o B-side um pouco mais complexo; Lucy Fernandes (A Demônia) e seu B-side, particularmente gostei muito da personagem, ficando como favorito junto com Lourenço.

Você encontra o jogo no Steam através do Steam Greenlight. Extremamente recomendado para amantes dos jogos de luta e para quem gosta de ter algumas opções divertidas para tirar "uns contras" com os amigos.

Sobre Wakashimazu

Gamer de nascimento, guitarrista por insistência, se divide em três para dar conta de dominar o mundo da música, dos jogos e dos otakus, enquanto lida com a caixinha de surpresas chamada de vida. Pode ser encontrado no Last FM, na Live ou no fórum!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.