Co-criador de Warcraft, Diablo e StarCraft deixa a Blizzard Entertainment


Em 2016 o mundo nerd anda lindo e a todo vapor, mas ao mesmo tempo estamos vivendo tempos sombrios, com diferentes tipos de baixas: as mortes dos designers de Pokémon e Chrono Trigger, do ator Anton Yelchin, a aposentadoria de Alan Moore, e uma bruxa particular andando solta na Blizzard, onde após a saída do diretor de Diablo 3 em junho desse ano, quem pede as contas agora é o co-criador de Warcraft, Diablo e StarCraft.

Chris Metzen deixa a companhia após 21 anos de trabalho. No post publicado no fórum oficial da Blizzard, Metzen enfatiza o uso da palavra retire (aposentar ou retirar, dependendo do contexto), pois ele "não irá para outra companhia ou começar novos projetos, ou nada remotamente como isso."

Os trabalhos do ex-vice presidente sênior da Blizzard começaram em 1994 com Warcraft: Orcs and Humans, ao contribuir com as ilustrações, artes e informações para o jogo. No ano seguinte, Metzen assume o roteiro de Warcraft II: Tides of Darkness, e em 1996 criar o universo de Diablo, um dos RPGs mais famosos da indústria. Em 1998 Metzen se torna o designer principal de StarCraft, ícone dos e-sports que até hoje é mega popular na Coréia, e em 2000 ele colabora com a história, roteiro, e arte de Diablo II. Seguindo, em 2002 ele assume o cargo de diretor criativo de Warcraft III: Reign of Chaos, colabora em 2004 com o desenvolvimento de World of Warcraft, e encerra o ciclo em 2016, atuando como diretor criativo de Overwatch.

Mas a criatividade de Chris Metzen não ficou no desenvolvimento de "apenas" alguns dos grandes jogos da indústria. Ele também dublou personagens da casa como Thrall e Varian na série Warcraft, os marines de StarCraft, o Rei Esqueleto de Diablo, e o Bastion de Overwatch. Aparição em Warcraft - O Primeiro Encontro de Dois Mundos? Ele fez, e ainda trabalhou no roteiro. Quanto ao futuro das vozes dos personagens citados, caso eles apareçam em outros games, ninguém sabe.


(Uma prova da dublagem)

Essa é a terceira baixa relacionada a Diablo em 2016. Primeiro foi-se Jay Wilson, diretor de Diablo 3, e em seguida Josh Mosqueira, diretor de Diablo 3, deixou a companhia para buscar outras oportunidades.

Via Gamespot

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.