Curta metragem de Star Wars mostra o outro olhar da Batalha de Jakku


Eu adoro os curta metragens feito por fãs! Espero que você goste. Essas produções sempre exploram algum aspecto que vive nas nossas cabeças e nunca se tornou real, ou faz outra coisa que eu adoro: dá outro ponto de vista a algo que você e eu já conhecemos. Quem não viu o curta super divertido de Super Mario Galaxy, ou ficou na tensão com Dragon Ball Z: The Fall of Men e a releitura dos Power Rangers num cenário muito mais adulto e violento? Agora é a vez de embarcar rumo no universo Star Wars.

Jakku: First Wave se passa no começo do conflito que o fã conhece bem: a invasão do planeta deserto e a derrota do Império. Logo no começo vem o som da batalha com a tela preta e o texto explicando a história, destaque para os sete mil Stormtroopers mortos. Isso deixa a carga emocional no alto para quando você vê a cena simples, dirigida por Benjamin Eck, de três stormtroopers sem capacete, tensos, conversando sobre os motivos que os levaram a se juntar ao Império. E pensar que no fim, os três morreram.


De acordo com o site oficial do diretor, o curta foi inspirado pelas histórias de soldados americanos, o que cria um paralelo meio desconfortável de tentar tornar os caras maus, em humanos. Mas o toque de profundidade é incrível, quebra a ideia dos Stormtroopers serem "galinhas sem cabeça" que andam por aí atirando sem sentimentos e nada. Vide o caso do Finn em O Despertar da Força.

É ou não é para amar a internet nessas horas?

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.