Conheça o game do Piloto Fantasma que nunca foi finalizado


Na era de ouro dos heróis tem tido um pouco de tudo para todo mundo: filmes, HQs, livros, séries jogos... Mas apesar da hype, nem todas as ideias acabam virando realidade, uma tragédia nerd bem comum que acaba sendo descoberta graças à internet, onde surgiu o vídeo mostrando como teria sido o game cancelado do motoqueiro, fantasma e caçador de recompensas Johnny Blaze, por exemplo.

Em 2007 o personagem interpretado por Nicolas Cage iria acelerar rumo ao PS2 com seu próprio game, mas o que você talvez não saiba é que a Neversoft, casa de Tony Hawk's Pro Skater, já estava escalada desde 1996 pela Crystal Dynamics para criar a aventura do personagem nos consoles, parte do acordo de licenciamento com a Marvel. Seria título de plataforma/ação/side scrolling, com plano 2D plano dentro de um mundo 3D. Vamos ao vídeo:


Resumindo: a trama do game seria mostrada com cenas 100% feitas em computação gráfica, e teria a deusa vampira Lilith como vilã principal. Curiosamente, enquanto Johnny Blaze é parte da narrativa, na verdade você controlaria um novo e sem nome Piloto Fantasma, que se viu dentro da batalha após Johnny ser capturado. Na prática, entretanto, o personagem funcionaria como qualquer um poderia esperar, com sua corrente em chamas e o Olhar de Penitência para coletar as almas dos inimigos e ganhar poderes.

Infelizmente, num futuro não muito distante a Crystal Dynamics iria sair de vez do campo de publicação de jogos para se dedicar apenas ao desenvolvimento, o que levou ao abandono dos seus projetos relacionados a Marvel, deixando a Neversoft sem uma publisher para continuar a cobrir os custos da criação do game. E assim mais um título juntou-se ao limbo cancelamento junto com games de 007, Superman, e Vingadores, que igualmente nunca chegaram às prateleiras.

Mas isso sempre deixa a dúvida... Será que agora, com o Universo Marvel a mil por hora, a mais recente encarnação do Piloto Fantasma (Robbie Eyes) pronta para estrear nessa terça-feira em Agents of Shield, não teriam interessados numa produção do tipo? Assim a Casa das Ideias poderia enfim engatar mesmo o lado dos games para consoles que os players tanto pedem.

Via Screen Rant

Sobre Bruna

Nerd preguiçosa, pseudo metalhead, cristã, metida a jornalista, mas formada em publicidade. Faz-tudo, sofre-com-tudo, nunca-dorme-direito. Expert em virar criança com Pokémon e Saint Seiya.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu recado! Mas lembre que spams, ofensas e comentários anônimos não serão aprovados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.